CANCELAMENTO DE CARTÃO




Conheça seus direitos e saiba como cancelar seu cartão de crédito!

Olá, caro leitor, hoje falaremos dos direitos do consumidor na hora de cancelar o cartão de crédito. A maioria esmagadora da população brasileira utiliza cartão de crédito (muitas vezes indevidamente) então certamente este tema faz parte da vida de todos nós e é preciso saber se defender das práticas adotadas pelas empresas nesta hora.



Muitos consumidores sofrem com as dificuldades impostas pelas empresas quando querem cancelar o cartão. Os atendentes de telemarketing são treinados ao máximo para não deixar o consumidor concluir o pedido de cancelamento (com táticas de persuasão ou até de forma grosseira, interrompendo a chamada). E essas dificuldades aumentam muito quando há parcelas a serem ser pagas nas faturas dos meses seguintes.

Portanto, a informação de hoje é a seguinte: o consumidor tem o direito de, a qualquer momento, pedir à empresa que o seu cartão seja cancelado e bloqueado para futuras compras. E mais: esse direito existe mesmo que ele esteja em atraso com as faturas ou que ainda haja faturas a vencer normalmente nos próximos meses.

Quero falar com um advogado

E resolver meu problema.

Além disso, é importante frisar outro direito do consumidor: as empresas não podem exigir que o cancelamento seja feito apenas pelo telemarketing, ou seja, se ele desejar cancelar o cartão na agência bancária em que o serviço foi contratado, por exemplo, ele tem sim este direito (muitos gerentes negam isso para evitar registros de perda de clientes e serviços, conhecido como score bancário).

E se mesmo assim o cancelamento for negado?

Se o consumidor tiver o pedido negado, ele deve reclamar na empresa administradora do cartão (lembrar de anotar os protocolos) e se isso não resolver, ele deve procurar um advogado especialista em direito do consumidor, pois pode ser o caso de ingressar com uma ação judicial pedindo o cancelamento e até eventuais indenizações, dependendo da situação.

Importante

Mas, atenção, cancelamento do cartão não significa que o consumidor não deva pagar as dívidas e as parcelas que ainda não foram quitadas. Então, mesmo que o cartão tenha sido cancelado, o consumidor deve pagar as faturas até o final de todas as parcelas que já existiam no momento do cancelamento.

Ficou com alguma dúvida? Nos envie uma mensagem, teremos o prazer de te responder!

Gostou deste artigo e não quer perder nenhum conteúdo, inscreva-se em nosso site!

Um abraço e até a próxima

Macel Guimarães Advocacia

Quero falar com um advogado

E resolver meu problema.